Livre?

Tchaaaaaraaaaan!

Voltei hehehehe

Mas é pra algo meio inútil pra qualquer um que não seja eu. Infelizmente hoje não vou indicar nada ;D

Vim aqui pra falar das minhas ‘férias’. Na real, quero só fazer umas listas. Nada demais, quero só testar meu poder de vencer a preguiça e me tornar alguém melhor hehehehe. Então vamos lá:

Coisas que eu QUERO fazer nessas férias:

– Aulas de Piano;

– Equitação;

– Boxe;

Coisas que eu TENHO que fazer nessas férias:

– Curso de informática básica;

– Aula de Espanhol

– Aula de Italiano.

Filmes que eu PRECISO ver nessas férias:

– Martyrs;

– Antichrist;

– Inside (A Invasora);

– American Psycho;

– The Collector;

– IT ( A Coisa);

– Lost Signal;

-Ichi the Killer;

Fechou?

#1 Deitar na Rua

Alow vocês!

Hoje lhes apresento o

” Meu Manaul Dos Melhores Prazeres Da Vida”

ou Coisas Pra Fazer Antes De Morrer.

Tudo começou quando eu estava ontem na faculdade com a Lari, a May, a Kalline e o Eduardo.

A May trouxe um livro que ela ganhou que se chama 0s

500 Prazeres Simples da Vida (este ai do lado, clique em cima do

título para saber mais) e o Eduardo começou a ler alguns. Daí cheguei

a conclusão de que muitos eram totalmente nada a ver: ou não tinham

nada de SIMPLES ou não tinham nada de PRAZEROSO. Mas aí bateu

AQUELA vontade de fazer a minha listinha das coisas que EU acho

válido e que talvez só sirva PRA MIM. Resolvi postar aqui porque

talvez VOCÊ também possa se aproveitar dela e quem sabe até seguir!

A diferença é que os itens da minha listinha serão coisas já

comprovadas por mim! Até aceito sugestões, experimentarei e se achar válido, postarei aqui também *-*

Comecei ontem mesmo. Essa sugestão veio do próprio livro. Deitar no meio da rua. Achei super válido. E a May já tinha feito. Resolvi testar.

#1 DEITAR NA RUA

Lari resolveu testar junto comigo o/

Valeu a pena. Parece uma coisa idiota. E simples. Mas é legal, ainda mais quando tem alguem ali que duvida que você vá fazer isso. Melhor ainda quando alguém decide te acompanhar. A adrelina que corre é pouca, dependendo do perigo que você vai enfrentar, mas acaba sendo super válida também. E a sensação do depois é maneira. Você fez algo diferente, algo que alguns não fariam, algo que VOCÊ não achava que faria. Essa sensação é uma das mais legais também. Recomendo! (claro, com todo o cuidado possível. Nós por exemplo, não corríamos grande risco de morte. Fizemos por diversão e foi uma decisão totalmente sóbria!!)

E é isso por hora.