Tudo novo de novo

E mais um ano começa.

2013

Rolou boatos de que esse ano não chegaria. E chegou. De boa até. Se 2012 foi bom, com notão no TCC, fim de faculdade, altas viagens (NYC <3) e shows, 2013 será melhor. Mais posts? Chega de prometer isso né? Mas que o ano parece ser promissor, isso sim.

Depois da breve experiência de morar fora por seis meses no intercâmbio pro Canadá, agora é a vez de morar no Rio de Janeiro, por um ano. É claro que a coisa é bem diferente dessa vez, não é tão longe, nem frio e nem vou precisar falar inglês 24/7. Mas o que vale é o que importa. Morar ‘sozinha’ (na casa de parentes que eu não conheço) numa cidade diferente e maior, estudar, trabalhar… as coisas estão ficando sérias.

Mas não vim falar exatamente sobre isso.2013 tem apenas 16 dias de idade, mas pra mim os bons momentos já começaram. Já li livro bom, vi filme legal e até acabei me convencendo a ver outras séries aí.

Livro: Sombras da Noite – Stephen King

Esse é um dos primeiros livros de contos (se não o primeiro) do Stephen King. Eu adoro história de terror, mas tenho uma certa dificuldade de acompanhar histórias muuuuito longas. Descobri que contos eram perfeitos pra mim quando li 20th Century Ghosts, o livro de contos do filho do King, o Joe Hill ❤  Daí, ano passado, quando eu estava alone em SP, vi um video de uma palestra do Stephen numa faculdade, e aí alguma coisa despertou em mim e eu reconheci o que eu estava perdendo não lendo mais das obras dele. Sombras da Noite é um ótimo livro, até porque tem os contos mais famosos dele, como As crianças do Milharal, Mangler e ‘Salem’s Lot.

Filme: Pitch Perfect

Primeiramente, devo dizer que adoro Moulin Rouge, Nine e Burlesque, mas não sou fanzona de musicas. Odeio Glee. Mas Pitch Perfect é outra coisa. Tudo começou quando eu me apaixonei de vez pela Anna Kendrick, logo depois da primeira vez que vi Up In The Air. Daí assisti Elsewhere e What to Expect When You’re Expecting. Ainda tenho um certo caminho a percorrer na filmografia dela (que infelizmente não é tão grande). E decidi assistir Pitch Perfect por esse exato motivo. Tinha ouvido dizer que não era essas coca cola toda, mas pra mim foi uma boa de uma coca gelada (sdds refrigerante!). Como disse David Letterman, a assistida vale por, no mínimo, isso: Anna Kendrick being Awesome with the cup.

Série: The Carrie Diaries

Eu nunca assisti Sex And The City. Primeiro eu tinha um preconceito bobo com séries too girly. Depois, foi passando, novas temporadas, aí acabou. O filme eu vi, mas só o primeiro. Acontece que agora mais do que nunca tô numa fase TOO NYC, então quanto mais séries ambientadas lá, melhor! Bom, TCD (The Carrie Diaries) só tem o piloto lançado, mas devo dizer que já curti, apesar de ser girly e tudo mais. Mas tem o Austin Butler e é ambientada nos anos 80! E com o tempo que eu vou ter pra mim por aqui, bem capaz de eu acabar vendo SatC também.

Anúncios