Aventuras: do encontro com o novo

Dia 30 de dezembro de 2010.

Meu primeiro dia lá. Tinha chegado na noite anterior morrendo de cansaço. Acordei várias vezes durante a noite, porque meu sono é leve quando estou em situações perigosas. Digo, eu estava num albergue, dividindo um quarto com uma menina que eu nem sei quem é e sem cadeado pras minhas coisas. Ou seja, lá estava eu acordando toda vez que ouvia passos, pra ver se tinha alguém mexendo nas minhas coisas. Mas meu santo (anjo da guarda) deu aquela força e nada aconteceu.

Acordei no dia seguinte 9:30 (10:30 em Manaus). Por sorte a minha roommate já tinha saído, melhor, ido embora mesmo. Daí levantei, peguei minhas coisas, fui pro banheiro e saí. Na noite anterior o cara da recepção já tinha me falado que eu não ia poder ficar no mesmo quarto que o Diego e disse que ele tava no 505. Fui bater lá de manhã, sem resposta.

Fui pro lounge congelante, pra ficar pagando 1 dólar por cada 10 minutos pra usar a net. Dei sinal de vida e enrolei lá por uns minutos. Aí simplesmente o Diego apareceu. Contei pra ele dos atrasos e tudo mais. Falei também que a gente precisava sair logo pra ir pegar os ingressos da festa de ano novo.

Saímos do hotel rumo à 21st Street, entre a 5° e a 6° Ave. Descemos em algum lugar que eu não me lembro agora. Mas era perto. Achamos o lugar de pegar ingressos rapidinho. Depois demos uma volta, tiramos algumas fotos…

the Flat Iron Building

e

Madison Square Park

e continuamos a caminhar… Daí o Diego decidiu que queria ir no museu do sexo. E lá fomos nós. Museu interessante, cheio de história e informações relevantes, mas não muito o que esperava. Anyway, tem algumas fotos de lá no flickr. Depois continuamos a caminhar, entrei numa loja de roupas antigas e comprei um óculos. Comi na McDonalds e continuamos a andar pela 5° avenida e tal. Passamos pela Times Square eu fui onde???

Gastei 126 dólares aí brincando. Comprei cinco esmaltes e sombras da Kat Von D. Um dia eu posto a foto e falo mais dele. Tem muitas coisas lindas nessa loja e eu achei ela razoavelmente barata. Só faltou mesmo ter mais opções… Anyway…

Voltamos pro albergue (hostel). O Diego tinha me falado que tinha ficado amigo de umas meninas brasileiras de lá, e que tava andando com elas nesses dias. E foi aí que eu conheci a Luciana. Acabou que ela e a amiga dela iriam pra mesma festa de ano novo que a gente, que já era no dia seguinte.

Papo vai, papo vem, ela queria que a gente fosse com ela pra Times Squares. A gente (eu e o Diego) saiu por volta das 11h da manhã e só voltamos 6 da tarde. A gente já tinha ido na Times Square. Falei que tava cansadona. O Diego queria ir, mas tava preocupado com a grana dele. Eu sei que eu subi pra dormir, porque já tinha andado pra cacete.

Amanhã tem mais!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s