Lo-fi

Hoje, exatamente na hora do almoço, decidi fazer um post musical, sobre o Bill Callahan,


O Bill é um cara de 46 anos, que nasceu em Silver Spring, em Maryland. Seu estilo é algo mais Lo-fi, experimental e coisas do gênero. Nessa época, era conhecido como Smog.

Smog, como consta numa entrevista do Bill para o Pitchfork, não era uma pessoa. Smog foi uma sensação de desolação de fim de tarde, medo e encantamento. Como em I Break Horses,

Tonight I’m swimming to my favorite island
And I don’t want to see you swimming behind
Tonight I’m swimming to my favorite island
And I don’t want to see you swimming behind
No I break horses
I don’t tend to them

Como Smog, ele lançou Sewn to the Sky (1990), Forgotten Foundation (1992), Julius Caesar (1993), Wild Love (1995), The Doctor Came at Dawn (1996), Red Apple Falls (1997), Knock Knock (1999), Dongs of Sevotion ( 2000), Rain on Lens (2001), Supper (2003) e  A River Ain’t Too Much to Love (2005).

A partir de 2007, com o lançamento de Woke on a Whaleheart (2007) Smog dissipou-se e então surgiu Bill Callahan, um tradicional cantor de folk-rock, com barítonos intemperizados(efeito destrutivo?) e uma propensão a aforismos. Seu mais recente album é

Resenha do Album pelo Pitchfork.

Sometimes I Wish We Were an Eagle (2009). Esse albúm está em 24° posição na lista dos 50 melhores de 2009 do Pitchfork. Eu tenho *-*  Acho muito bom, as músicas são leves e profundas e não dá pra enjoar, pelo menos não tão cedo. Minha preferida, a Jim Cain, primeira do cd, é linda e resume bem o disco:

“I used to be darker, then I got lighter, then I got dark again
Something to be seen was passing over and over me
Well it seemed like the routine case at first
With the death of the shadow came a lightness of verse
But the darkest of nights, in truth, still dazzles
And I wore myself until I’m frazzled”

Video dele tocando essa música ao vivo:

Video da música com uma qualidade melhor:

Outra música linda do cd: Too Many Birds

Basicamente é isso. Quis apenas apresentar o Bill. Agora vão, corram atrás do vento e descobram mais sobre ele vocês mesmos! =D

E não, eu não sou paga pra fazer propaganda do Pitchfork não. Mas é um site legal, pra quem ainda não ouviu falar nele!

EID MA CLACK SHAW!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s