Late Sunday Post

{…}

Hey, hey, hey ,hey
Ohhh…

Won’t you come see about me?
I’ll be alone, dancing you know it baby

Tell me your troubles and doubts
Giving me everything inside and out and
Love’s strange so real in the dark
Think of the tender things that we were working on

Slow change may pull us apart
When the light gets into your heart, baby

Don’t You Forget About Me
Don’t Don’t Don’t Don’t
Don’t You Forget About Me

Will you stand above me?
Look my way, never love me
Rain keeps falling, rain keeps falling
Down, down, down

Will you recognise me?
Call my name or walk on by
Rain keeps falling, rain keeps falling
Down, down, down, down

Hey, hey, hey, hey
Ohhhh…..

Don’t you try to pretend
It’s my feeling we’ll win in the end
I won’t harm you or touch your defenses
Vanity and security

Don’t you forget about me
I’ll be alone, dancing you know it baby
Going to take you apart
I’ll put us back together at heart, baby

Don’t You Forget About Me
Don’t Don’t Don’t Don’t
Don’t You Forget About Me

As you walk on by
Will you call my name?
As you walk on by
Will you call my name?
When you walk away

Or will you walk away?
Will you walk on by?
Come on – call my name
Will you all my name?

I say :
La la la…

Super-natural!

Estão chegando os famosos SEASON FINALE (alguns SERIES FINALE) ou

FDT ( Finais de Temporada) e, como a Warner gosta de chamar, Semana Clímax.

Daí rolou a vontade de falar de uma série. E de quebra, estreiar uma nova categoria! Mas deixemos de ladainha e vamos ao post!

Como vocês:

5 razões para dar uma chance para Supernatural!

5.  Não é assustador, mas é emocionante!

Vai dizer que você não curte SN porque acha que vai fazer xixi na cama ficar com medinho, é?! Que nada! Você vai ver de tudo um pouco, mas nada de assustador! Na real, alguns episódios são emocionantes, bem elaborados, mas nunca dão medinho! E acho que isso é extremamente positivo, visto que se esse fosse o real objetivo da série, as chances dela ter sido cancelada nas primeiras temporadas seriam ALTÍSSIMAS!

4.  Tema Atual!

Ahhh colegas, vão dizer que tem algo mais atual e emocionante que o FIM DO MUNDO?!  Sim, Supernatural não é apenas fantasminhas camaradas não! Pelo menos não nas últimas 3 temporadas.

Pra ser exata, desde a quarta temporada o Mundo vem ameaçando acabar pelas mãos de Lúcifer, o irmão revoltado! E mais legal que isso, é que a série vem trazendo várias situações reais como ‘sinais’ do fim do mundo! Como não gostar??

3.  Referências Culturais

Você que um dia já curtiu Gilmore Girls, principalmente pelo fato delas morrerem de assistir Casablanca??? Pois é… Você que curte isso, vai curtir Supernatural!!! Vejam só dois exemplos:

– Maioria dos episódios da segunda temporada levam nomes de filmes (“Children Shouldn’t Play with Dead Things”, “The Usual Suspects”) ou clássicos do ROCK (“In My Time of Dying”, “Born Under a Bad Sign”, “What is and What Should Never Be”);

– No andar da carruagem, toda vez que um cômodo era numerado, esse número seria 237. Ganha um vale-pirulito pra quem sacar da onde vem esse número. O ILUMINADO galeeera!

Viu só que legal!? Vai dizer que não curtiu, han han han? Não? Ah, droga!

2.   Visão alternativa diferente de mitos e lendas

Em Supernatural, os anjos não são 100% legais e Deus não esta exatamente preocupado com o Apocalipse. Demônios podem ser destruídos com uma faca especial, uma arma especial ou o bom e velho exorcismo. Sem falar nas milhares de outras lendas que a série apresenta em versões mais alternativas (dica: entenda alternativa como legal). Essa só você assistindo pra confirmar!

E

E

E

E

1.  Elenco Gato (?)

Irmão bastardo Adam (Jake Abel)

Castiel *-* (Misha Collins)

Trickster/Gabriel (Richard Speight Jr.)

Dean Winchester ( Jensen Ackles)

John Winchester (Jeffrey Dean Morgan)

Sam Winchester ( Jared Padalecki)

Preciso explicar???

Quer assistir? Passa amanhã, QUINTA, na Warner, às 21h (horário de Manaus)

É isso queridos, espero que curtam!

Lo-fi

Hoje, exatamente na hora do almoço, decidi fazer um post musical, sobre o Bill Callahan,


O Bill é um cara de 46 anos, que nasceu em Silver Spring, em Maryland. Seu estilo é algo mais Lo-fi, experimental e coisas do gênero. Nessa época, era conhecido como Smog.

Smog, como consta numa entrevista do Bill para o Pitchfork, não era uma pessoa. Smog foi uma sensação de desolação de fim de tarde, medo e encantamento. Como em I Break Horses,

Tonight I’m swimming to my favorite island
And I don’t want to see you swimming behind
Tonight I’m swimming to my favorite island
And I don’t want to see you swimming behind
No I break horses
I don’t tend to them

Como Smog, ele lançou Sewn to the Sky (1990), Forgotten Foundation (1992), Julius Caesar (1993), Wild Love (1995), The Doctor Came at Dawn (1996), Red Apple Falls (1997), Knock Knock (1999), Dongs of Sevotion ( 2000), Rain on Lens (2001), Supper (2003) e  A River Ain’t Too Much to Love (2005).

A partir de 2007, com o lançamento de Woke on a Whaleheart (2007) Smog dissipou-se e então surgiu Bill Callahan, um tradicional cantor de folk-rock, com barítonos intemperizados(efeito destrutivo?) e uma propensão a aforismos. Seu mais recente album é

Resenha do Album pelo Pitchfork.

Sometimes I Wish We Were an Eagle (2009). Esse albúm está em 24° posição na lista dos 50 melhores de 2009 do Pitchfork. Eu tenho *-*  Acho muito bom, as músicas são leves e profundas e não dá pra enjoar, pelo menos não tão cedo. Minha preferida, a Jim Cain, primeira do cd, é linda e resume bem o disco:

“I used to be darker, then I got lighter, then I got dark again
Something to be seen was passing over and over me
Well it seemed like the routine case at first
With the death of the shadow came a lightness of verse
But the darkest of nights, in truth, still dazzles
And I wore myself until I’m frazzled”

Video dele tocando essa música ao vivo:

Video da música com uma qualidade melhor:

Outra música linda do cd: Too Many Birds

Basicamente é isso. Quis apenas apresentar o Bill. Agora vão, corram atrás do vento e descobram mais sobre ele vocês mesmos! =D

E não, eu não sou paga pra fazer propaganda do Pitchfork não. Mas é um site legal, pra quem ainda não ouviu falar nele!

EID MA CLACK SHAW!

Shrek nas unhas!

Então, mais um poste de consumista =x

Bom, estou numa vibe de louca viciada em esmaltes. Isso não vai acabar muito bem. Mas, vou aproveitar!

Pra me justificar sobre esse post, rola uma historinha. Tudo começou quando eu fui pro Canadá. Na minha festa de despedida, uma amiga minha – a Juh –  me deu três esmaltes de presente. Eu linda e loira achei que ia morrer de colar levá-los na bolsa e fazer a unha no aeroporto. coisa de tapada.

Acontece que não pode. Nada de líquidos e objetos cortantes. DÃ. Mas acabei levando eles e foi muito útil. Há algum tempo uma manicure ia na minha casa fazer minhas unhas. Acostumei assim. Mas fazer a unha em país estrangeiro é caríssimo. Daí eu mesma tive que começar a pintá-las by myself. Comprei todo material e tal, mas só tinha TRÊS vidrinhos da Impala =O E foi quando comecei a comprar esmaltes. Da OPI. Sem nem fazer ideia do que era a OPI. Comprei  1,2,3,4,5,6,7… E foi quando percebi minha paixão pela marca. As cores, o vidrinho de 15ml e, principalmente, os nomes dos bichinhos. Muito fofos.

Infelizmente, aqui no Brasil não tem OPI CHORA ! Mas, já dei meus pulos e arranjei um jeito de descolar alguns vidrinhos por um preço  absurdo justo. E já estou preparando meu segundo pedido:

Em cima: Who The Shrek  Are You?, Fiercely Fiona; Embaixo: Rumple’s Wiggin’, Funkey Dunkey, Ogre-The-Top-Blue e What’s with the Cattitude?

Querer todos é demais. E caro. Mas dois desses já acho digno: Ogre-The-Top-Blue e Who The Shrek Are You?.

E se alguém tiver interessado em descolar algum desses ou outros da OPI, recomendo este blog: Aqualera. Nesse link vai direto pra coleção do Shrek, mas nos meus links tem um: OPI aqui. Clique lá e vai pra página atual do blog. Daí é só pesquisar OPI que você acha um post lindo de morrer. Quer saber? Deixa que eu faço o trabalho sujo: OPI Hong Kong & Esmaltes OPI .

Lembrando, esse blog é super confiável. Eu comprei e deu tudo certinho! Qualquer dúvida, pode falar comigo ou com a própria Fernanda, dona do blog.

só pra acabar de matar: a OPI tem coleção da Alice in Wonderland. Quer saber mais? Vá no site: OPI

E é isso! Parabéns hoje pra minha older sister o/

Segunda Feira.

*DISCANDO UM NÚMERO*

*ATENDEM*

– Olá, e muito obrigado por ligar para O Hospício Estadual! Por favor escolha uma das opções do menu que se segue:

*Se você é obsessivo-compulsivo, tecle 1 repetidamente.
*Se você é co-dependente, por favor peça para alguém teclar 2 para você.
*Se você tem múltiplas personalidades, tecle 3,4,5 e 6.
*Se você é paranóico, nós sabemos quem você é e o que você quer, fique na linha para que nós possamos rastrear sua ligação.
*Se você está delirando, tecle 7 e sua chamada será repassada para a Nave Mãe.
*Se você é esquizofrênico, ouça cuidadosamente e uma voz lhe dirá que número teclar.
*Se você é maníaco-depressivo, não importa que número você teclar, nada lhe fará feliz.
*Se você é bipolar, por favor deixe uma mensagem depois do beep ou antes do beep ou depois do beep. Por favor, espere pelo beep.
*Se você tem perda de memória recente, tecle 9
*Se você tem perda de memória recente, tecle 9
*Se você tem perda de memória recente, tecle 9
*Se você tem baixa auto-estima, por favor aguarde. Nossos operadores estão muito ocupados para conversar com você.
*Se você está na menopausa, abaixe a arma, aguente firme, ligue o ventilador, deite-se e chore. Você não será louco para sempre.
*Se você é loira, por favor não tecle nenhum botão.

isso não foi eu q criei, peguei de algum site hihihihi

Jennifer Carpenter!

Então, estou esperando há tempos pra fazer post sobre meus atores/atrizes preferidos. Comecei com o da Allison Lohman, que eu adooooooro demais, mas parei na metade por falta de tempo de fazer um post decente. Ele ainda virá, não se preocupem.

Hoje a minha vontade mesmo é de falar da

Jennifer Leann Carpenter, ou Jennifer Carpenter.

Pegadinha do Malandro RÁ

Seu filme mais famoso ever é O Exorcismo de Emily Rose. Então muita gente deve reconhecê-la.

Falando um pouco dela:

* nasceu em 7 de Dezembro de 1979 em Louisville, EUA;

* frenquentou a famosa escola Juilliard em Nova Yorque;

* formou-se na Companhia de Teatro Walden;

* surgiu na Broadway em The Crucible, dirigido por Richard Eyre, montagem co-estrelada por Laura Linney e Liam Neeson;

Sua primeira participação foi em People Are Dead, filme que eu ainda não vi, mas me parece interessante. Continuou fazendo pontas em filmes não tão famosos, até chegar em White Chicks ( As Branquelas). Fez um pontinha lá tbm, como uma das amigas louquinhas das ‘gêmeas’.

Não lembra? E se eu falar que ela tava na cena do vestuário onde uma das usurpadoras tava tentando vestir algo? Ela deu uma de Drama Queen e tal, se achando gorda… Não? E com essa foto abaixo?


Daí, mais dois filmes e…e…e…TCHANRAN: The Exorcism of Emily Rose (O Exorcismo de Emily Rose).

Seu primeiro grande papel. E MUITO BOM, na minha mísera opinião. Admito e até concordo que o filme e a história não são legais. Digo, são clichês. Mas a interpretação dela e três ou quatro cenas valeram meu ingresso.

Aí, três anos depois, mais um papel principal(?): Quarentine.

Eu curti o filme. Sim, remake americano. Mas ainda acho que valeu assistir. E, sei lá, já tinha um carinho especial por ela. Sem falar que sua capacidade de gritar e fazer caretas atuação continuava me agradando.
Aí… Eu comecei a ver Dexter.

Foi quando virei fanzona dela. Tava cansada de vê-la só em filme de ‘terror’. Gosto de atriz/ator versátil, que faz vários papéis diferentes e me convece em todos. Tipo Johnny Depp. E foi em Dexter que eu vi esse lado dela, uma pessoa ‘normal’ sem fantasmas, diabo e meninas canibais/zumbis por perto.

Ahhhh, e Dexter… Nem vou me prolongar neste assunto. Basta dizer que a série é digna de se ver e de que na série ela faz o papel de irmã do marido dela na vida real. Aliás, que marido:

Olha a carinha dela de: Gosssshtou nean?

E é isso. Espero que o sábado seja decente!

aguardem por mais.

Maria Cláudia ;*

Hoje é sexta.

E sexta a noite, o que é pior.

Já tenho um post bacana em mente pra esse findi. Por isso vou pegar SUPER light hoje.

Deixo aqui umas das minhas imagens pre-fe-ri-das:

Alguém mt especial uma vez me deu essa imagem impressa. *-* Essa pessoa sabia o quanto eu curto encarar aviões fazendo rastro de fumacinha no céu, a ponto de ficar tonta e rodopiar. Pena que o céu daqui é cheeeeio de núvem.

Espero que alguém curta.